quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

O sistema universitário medieval: o oposto do conhecimento fragmentário hodierno

Foto - Universidade de Cambridge, Inglaterra

A criação das universidades medievais foi poderosamente estimulada pelos Papas e pelos Reis.

Especialmente os Papas trabalharam com afinco nessa obra, e grande número de universidades ainda hoje existentes foi fundado por decretos pontifícios.As universidades deram à cultura medieval a magnífica unidade que a caracterizou.

Em lugar de termos, como hoje, uma cultura fragmentária, em que muitos juristas elaboram suas concepções com bases filosóficas que eles repudiam no terreno de suas convicções íntimas ou pessoais, em lugar de termos princípios reputados verídicos em Direito e falsos em Medicina, poderíamos ter uma cultura única e uniforme, se uma filosofia comum reunisse os sufrágios de todas as inteligências, como a filosofia escolástica, na Idade Média, reuniu os espíritos.

Veja amanhã no boletim, uma série de vídeos sobre "O Sistema Universitário", apresentada por Thomas E. Woods, autor do livro "Como a Igreja Católica Construiu a Civilização Ocidental".

Fonte: Glória da Idade Média

Nenhum comentário: