terça-feira, 21 de julho de 2009

Seriedade e respeitabilidade até no pequeno: uma nota dominante da Idade Média


A Idade Média foi um fenômeno que se deu na Europa considerada como um todo.

Na Europa havia reinos grandes como a Inglaterra e lugarejos como o reino da Córsega ou da Sardenha que era um reino pequeníssimo numa ilha de proporção reduzida.

Pequenos e grandes, monarquias e repúblicas, todos constituíam a Europa da Idade Média.

E apesar da diferença de línguas, de trajes, de tudo, havia uma nota comum entre todos eles.

Alguma coisa dominava o ambiente da Idade Média e que era a alma ou o rosto da Idade Média.

É esse rosto da Idade Média que faz até hoje com que ela tenha admiradores e tenha, sobre tudo, pessoas que a odeiam.

O quê esse rosto, essa alma ou centro psicológico da Idade Média?

O que havia na psicologia não só de todos os homens, nações, instituições, obras de arte, enfim, em tudo que a era medieval fez?O que era esse centro comum, essa alma?


O que pensar a respeito dele?A mentalidade medieval é a mentalidade da Igreja Católica, que é a própria mentalidade de Nosso Senhor Jesus Cristo.

Esse centro comum a todas as coisas da Idade Média era ter muita grandeza!Sem dúvida havia edifícios com grandeza material como a catedral de Colônia com a altura excepcional de suas torres.

Mas, o lado físico ‒ que, aliás, vem a propósito ‒, é secundário.

O principal é a impressão de majestade, respeitabilidade, venerabilidade que todo edifício eclesiástico medieval tinha.

Máxime as igrejas onde se realizava a missa, se guardava o Santíssimo, que é Nosso Senhor Jesus Cristo realmente presente, e se faziam os outros atos do culto católico.


As igrejas tinham, sem dúvida, uma nota de celestialmente grande.Mas, também a menor igrejinha medieval tinha uma grande venerabilidade e respeitabilidade.

Por exemplo, a capelinha de Domremy (foto ao lado) onde a camponesa Joana d'Arc rezava no período em que ela ouvia vozes e recebia sua missão.

Ser grande, profundamente respeitável e sério até no pequeno é uma das notas dominantes da Idade Média.

Nenhum comentário: