terça-feira, 16 de junho de 2009

Família exemplar

Dom Pedro Luiz de Orleans e Bragança
(1983 — 2009)


Desaparecido no trágico vôo da Air France.

O nome completo do jovem Príncipe:
Dom Pedro Luiz Maria José Miguel Gabriel Rafael Gonzaga de Orleans e Bragança e Ligne

"Deus sabe o que faz e confiamos nele. Ele nos deu esse filho maravilhoso e nós o devolvemos. Ele era um rapaz bom e religioso. Temos certeza de que ele está muito melhor com Deus do que aqui conosco. Quando recebi a notícia, senti ciúmes de Deus, que está com meu filho querido. A dor é muito forte, mas mantenho a fé”.

Afirmou o pai do jovem Príncipe Dom Pedro Luiz de Orleans e Bragança, desaparecido no trágico vôo 447 da Air France — que caiu no Oceano Atlântico, quando fazia a rota Rio-Paris, no dia 31 de maio p.p., com 228 passageiros.

Uma afirmação difícil para um pai que perde seu dileto filho, mas de um pai conformado com a vontade de Deus. Um admirável exemplo para todos os pais de família.

Missa de 7º Dia em memória de Dom Pedro Luiz

A missa solene celebrada na Igreja Nossa Senhora do Brasil (capital paulista), no dia 8 , foi encomendada pelos tios de Dom Pedro Luiz, Dom Luiz de Orleans e Bragança (Chefe da Casa Imperial do Brasil) e por Dom Bertrand (Príncipe Imperial do Brasil).

Os pais do jovem Príncipe vitimado na recente tragédia, Dom Antonio e Dona Christine (princesa de Ligne), e o irmão Dom Rafael, vieram a São Paulo especialmente para assistir a Missa de 7º Dia pelo filho.

Mais de 200 amigos e simpatizantes da Família Imperial Brasileira compareceram à cerimônia litúrgica, rezada no estilo tradicional e em latim.

Na primeira fileira na Igreja Na. Sra. do Brasil: Dom Luiz de Orleans e Bragança, Dom Antonio, Dona Christine e Dom Rafael

As irmãs de Dom Pedro Luiz, as Princesas Dona Amélia e Dona Maria Gabriela, na Igreja do Carmo (no centro do Rio de Janeiro) rezam pela alma de seu querido irmão.


Leia o que já foi postado sobre o Príncipe.



Clique aqui e leia a Declaração do Chefe da Casa Imperial



Acenda uma vela pelas almas das vítimas do desastre aéreo do vôo AF 447




Fonte: Blog da Família





2 comentários:

Anônimo disse...

ENCAMINHO MEUS SENTIMENTOS DE PESAR PELA PERDA DO PRINCIPE QUE TINHA UM GRANDE FUTURO. FAVOR ENCAMINHAR MEUS PESAMES A MÂE, AO PAI, IRMÃO E AS IRMÃS DO DOM PEDRO DE ORLEANS.
Luiz Carlos Monteiro Godinho

Anônimo disse...

De fato, trata-se de um pai muito forte, confiante em Deus. Achei muito bonita a afirmação sobre "devolver o filho a Deus", que sentiu ciúmes de Deus por estar com seu filho, realmente um momento muito difícil, mas que certamente mantém a certeza e o conforto vindo do próprio Deus. Desejo força e luz para a família!