terça-feira, 26 de agosto de 2008

Quem nunca ouviu a voz da consciência :: parte 2

Em recente artigo, consideramos a consciência como a voz de Deus que comunica alegria ou tristeza às almas conforme suas ações boas ou más. (veja a parte 1 desta matéria)

Avaliamos ainda a consciência delicada e a embotada: a primeira foi comparada a uma balança de alta precisão, enquanto a segunda, a uma balança rústica e viciada.

Vale dizer que para as pessoas de consciência depravada os maiores pecados são permitidos, pois se encontram prenhes de maus hábitos e costumam afirmar que errar é próprio dos homens.

Habituadas às quedas, elas se tornam insensíveis à voz da consciência e suas respectivas censuras.

Transpondo a matéria ao campo social, podemos afirmar: se a opinião de um grupo social é sensível ao se manifestar diante de um pequeno alerta, tal grupo será composto de pessoas de consciências delicadas.

Caso contrário, ele não passará de uma massa que perdeu a noção de bem e de mal, inata no homem. É então que viceja uma geração de adúlteros e ladrões.

Através dos meios de comunicação, somos continuamente bombardeados com notícias escandalosas e crimes hediondos semelhantes a um “tsunami de lama”.

Se não formos sensíveis a esse contínuo apelo à relativização que nos assola, poderemos ser arrastados por tais avalanches.

Assim como as pessoas que passam a residir à margem de uma rodovia ou ferrovia acabam se habituando ao barulho, igualmente os espíritos de hoje vão se acostumando com toda sorte de perversidade e já não reagem diante de nada, pois não querem se comprometer por medo de represálias.

Torrentes de iniqüidades vão se avolumando ao nosso derredor. A cada instante, sem que nada se lhes oponha, atualmente os homens ofendem gravemente a Deus e, ao mesmo tempo, colocam em risco os próprios justos, ameaçados e perseguidos que são por amor à justiça divina.

E muitos legisladores, com determinação e persistência próprias a consciências inescrupulosas, vão gerando leis iníquas, enquanto a sociedade vai sendo subvertida e sucumbindo diante da enxurrada de lama do imenso tsunami psicológico revolucionário que parece não conhecer limites.

Medite, leitor, as palavras bradadas há 300 anos pelo grande missionário mariano São Luís Maria Grignion de Montfort: “Vossa divina fé é transgredida; vosso Evangelho desprezado; abandonada vossa Religião; torrentes de iniqüidade inundam toda a Terra e arrastam até os vossos servos; a Terra toda está desolada; a impiedade está sobre um trono; vosso santuário é profanado e a abominação entrou até no lugar santo”.

“E assim deixareis tudo ao abandono, justo Senhor, Deus das vinganças?

Tornar-se-á tudo afinal como Sodoma e Gomorra? Calar-Vos-ei sempre? Não cumpre que seja feita Vossa vontade assim na Terra como no Céu, e que a nós venha o Vosso reino?”

Padre David Francisquini - Sacerdote da igreja do Imaculado Coração de Maria (Cardoso Moreira – RJ)

(Extraído de Agência Boa Imprensa)

________________



-

Um comentário:

Anônimo disse...

Infelizmente é isso q se vê em toda parte, a iniquidade tomou conta dos corações, ninguém mais se assusta com nada, até as criancinhas estão sujeitas a imoralidade e tudo isso por culpa dos meios de comunicação, essa tv podre q infesta a mente dos jovens e crianças.Tudo pode hoje, tudo é normal.
Os pais não se preocupam mais com o q seus fihos veêm ou suas amizades, ninguém mais tem religião, ninguém mais reza, ou se rezam , só pedem por bens materias, roubam, matam, traem e onde está a consciência, parece estar afogada entre os vícios do homem que hoje não sabe mais o q é certo e errado.
Eu peço a Santíssima Trindade q tenha misericórdia desse mundo, porque a maioria das pessoas estão totalmente perdidas no mundo, não sabem mais q Deus existe e q Jesus Cristo é a salvação.Que o Espírito Santo ilumine os corações da humanidade e que Nossa Senhora salve muitas almas pelo Santo Rosário , por isso rezem o terço do Rosário todos os dias pedindo pela misericórdia de Deus e pela conversão do mundo, porque a salvação está nas contas do pequenino rosário, na maravilhosa contemplação da vida do nosso Salvador e na Santa Missa através da Eucaristia, o pão vivo q desce dos céus para nos alimentar!
Rezemos pelo mundo!
Que Deus abençoe a todos!