quarta-feira, 30 de abril de 2008

O corpo do santo Padre Pio exposto à veneração dos fiéis

O corpo do Santo Padre Pio foi do seu túmulo à igrejinha de Nossa Senhora das Graças, em São Giovanni Rotondo, 40 anos após sua morte.

Ele se encontrará lá alguns meses para veneração dos fiéis em rica urna de cristal.

O corpo não se encontra totalmente incorrupto, mas leva uma máscara de cera tirada da máscara mortuária do santo. Ela reproduz com grande fidelidade a fisionomia do heroico religioso.

A aura de santidade do Padre Pio é tal que diante de sua urna parece que ele está presente em pessoa. Uma multidão de fiéis acompanhou o traslado. O Cardeal José Saraiva Martins representou o Vaticano.

A nota desagradável foi dada pelo grupelho "Pro Padre Pio – L’Uomo della Sofferenza", formada por católicos progressistas, do gênero que vêm subvertenedo a vida da Igreja nas últimas décadas. O grupo arguiu que este tipo de exposição e devoção aos santos "é de uma outra época" e tentou abriu processo na Justiça para impedir a veneração pública. A Justiça, sabiamente, recusou receber a queixa. O escritor Claudio Magris falou de "fetichismo".

Mas os fiéis católicos não ligaram. E estão indo com a piedade com que foram e irão os católicos de todas as épocas, desde o tempo das catacumbas, passando pela Idade Média até o fim dos tempos, para venerar os homens de Deus.

Já mais de 750.000 fizeram suas reservas até setembro em hotéis de San Giovanni Rotondo e região. Em total, aguarda-se a chegada de por volta de 1.500.000 romeiros.


[Conteúdo extraído do blog Luzes da Esperança]

Um comentário:

Anônimo disse...

Palavras para quê!Seria nuito dificil dizer o que sentimos por este Santo de Deus.