segunda-feira, 3 de novembro de 2008

Bispo critica com desassombro a Comunhão na mão

Confira o vídeo da entrevista (em português) de Mons. Athanasius Schneider sobre seu livro "Dominus Est", a respeito da Comunhão na boca e as devidas manifestações exteriores de que o Santíssimo Sacramento merece receber por parte dos fiéis.

O trabalho foi publicado pela Libreria Editrice Vaticana no mês de janeiro passado, e conta com o prefácio de Mons. Malcolm Ranjith, secretário da Congregação do Culto Divino e da Disciplina dos Sacramentos:



(transcrito de Notícias Lepanto)

30 comentários:

Connors m disse...

Excelente posicionamento do Mons. Schneider, eu sou contra à servir a Eucaristia na mão das pessôas, pois a Hóstia, depois da consagração, torna-se o Corpo de Cristo, e muitas pessôas não tem as mãos puras de pecado, para tocar no Corpo de Cristo, como póde-se observar, algumas pessôas que comungam, só o fazem para serem notadas. Aliás, eu sou até contra os Ministros da Eucaristia, tocarem o Corpo de Cristo com suas mãos. Eu acho que, até materialmente falando , é falta de higiene, pois nunca se sabe se os Ministros lavaram suas mãos antes de tocar no Alimento Divino. Os sacerdotes, que são consagrados para tocar no Corpo de Cristo, lavam suas mãos antes de faze-lo, para que o façam de mãos puras. Não sou contra a comunhão pelos Ministros da Eucaristia, porém acho que para tocar a Divina Hóstia,deveriam usar luvas de sêda brancas, pois esse Ato é o mais divino da Santa Missa. Desculpem, mas eu sou muito radical nesse sentido, não podemos banalizar o momento mais sagrado do Santo Oficio, que me desculpem os liberais.

edson alves disse...

Louvado seja nosso Senhor JESUS CRISTO,fiquei muito feliz de ter pessoas Radicais ainda n a igreja Católica, o que se ve hoje é muitas pessoas liberais, e isso n é legal para nós Cristãos.

Albino disse...

A único fato de receber nas mãos é que algumas pessoas estarem suando nas mãos e o corpo de Jesus colar e ficar com pequenos pedaços do corpo de Cristo.
Sempre recebo diretamente na boca, mas não sou contra de quem recebe nas mãos, Jesus quando esteve entre nós andou sempre junto dos mais humildes, basta ver os discípulos escolhido e a quem deu a chave do céu.
Albino Cruz

Anônimo disse...

A PUREZA NAO ESTA NAOS MAOS OU NA BOCA , ESTA EM NOSSA ALMA E NOSSO CORAÇÃO!
O IMPORTANTE É TERMOS CONSCIENCIA SERMOS DIGONOS DE RECEBER A EUCARISTIA POIS ESTAMOS FALANDO DO CORPO DE CRISTO!
MUITAS VEZES NOSSA BOCA É MUITO MAIS IMPURA DO QUE NOSSAS MAÃO POIS PROFERIMOS PALAVRAS QUE NAO S´OFENDEM AOS NOSSOS IRMAOS QTO A NOSSO SENHOR JESUS!

Anônimo disse...

Se ao comungar vc está pensando em microbios, impurezas ou que alguem queira aparecer para outro, sinceramente vc não está pronto para comungar, antes disso eleve seu coração a Deus e receba de coração aberto o Corpo de Cristo, lembrando que Jesus era de uma imensa simplicidade. Não importa quem te oferece como está trajado e nem se recebe na boca ou nas mãos e sim se está sintonizado no amor de Cristo, antes de nos taxarmos liberais ou não devemos pensar que Deus espera muito mais de nós simples mortais.

Olimpio disse...

Em parte o Monsenhor está certo, só que quem tem um pouco de culpa, são os próprios celebrantes, que não exigem tal forma (oferecer a comunhão) e exigir também que os ministros da Eucaristia lavem as suas mãos antes de pegar na mesma.

Anônimo disse...

Como nós católicos nos pertubamos com detalhes no simbolismo e esquecemos o verdadeiro amor de Deus esta dentro de nós. O espirito Santo é que move o homem. "Não é aquilo que entra na boca que contamina o homem, mas, aquilo que sai da sua boca.

de graça na net disse...

ele esta certissimo. sou contra os extraordinarios ministros da eucaristia comungar em pé e na mao e ate a missa nova.

ordalina disse...

parece q ninguem presta atenção no ritual da missa: os ministros extraordinários com certeza já vêem com as mãos limpas e mesmo assim só usam as pontas dos dedos que são limpas no altar em água da consagração. Quem nunca viu isto,que preste atenção na próxima Eucaristia que participar.E, muito sabiamente ,lembrou um irmão acima:" O que mancha o homem,não é o que entra, mas o que sai de sua boca". Me sinto muito feliz de ter meu Senhor em minhas mãos, olhá~Lo,adorá~Lo e depois levá~Lo ao meu coração através da minha boca.

Anônimo disse...

Receber a Eucaristia nas mãos é também poder "tocar" no Senhor Jesus, assim como aquela Mulher hemorroíssa que, pela fé, ao tocar no Senhor foi curada.Em que pese todo o "assombro" do Revmo. Sacerdote, a Misericórdia do Senhor Jesus é infinitamente maior para conhecer profundamente os corações daqueles que o recebem na Eucaristia. Lembremos do gesto humilde de Jesus ao lavar os pés dos seus apóstolos na Santa Ceia!!

Sérgio Cândido disse...

Na minha opinião, não tem nada ver se vai ser direto na boca ou na mão.O que importa é a pessoa que esta recebendo a comunhão,porque se for olhar a igiene nem o proprio padre ou qualquer outro sacerdote deveria pegar na hóstia.Acho que estão esquecendo de quem estão falando.Jésus não escolheu seus seguidores ou representante aqui na terra pelas mãos, e sim pelo coração bondoso de cada um e ainda foi traido.Daqui um dia não teremos fieis mais para comungar de tanta retalhção.Porque não escrevem livro sobre outras coisas mais importante.

Anônimo disse...

concordo com a Ordalina, que disse que as pessoas não prestam atenção na celebração, pelo que eu já observei ao menos os ministros da minha comunidade lavam as mãos antes de distribuir a comunhão, outra coisa e sobre está questão de receber a eucaristia na boca ou nas mãos, acho muito radicalismo da parte e de um sacerdote, é por isso que somos tão criticado muitas vezes, pois a gente fica vendo essas mínimas coisas e não vemos o que precisamos ver.

Anônimo disse...

tambem concordo que no aspecto de higiene todos deveriam usar luvas,pois se os minitros são impuros os sacerdotes tambem,e bom lembrar que no momento da distribuição das particulas DEUS esta fazendo uso dos serviços do minitros,os padres tambem são pecadores como todo ser humano

eliana disse...

eliana.
Acho tudo isso muito ignorante.olhem se querem saber mesmo após um curso de como lavar as mãos todos veriam que ainda não o conseguiram realizar este ato . Exige técnicas que a maioria das pessoas não conhecem então vamos nos importar com jesus que recebemos em nossos corações que devem estar limpos de maldades e recriminações. SEI QUE O MAIS IMPORTANTE PARA RECEBER jesus É UMA BOA CONFISSÃO DE NOSSOS PECADOS E NÃO SE IMPORTAR COM AS SUJEIRAS DE NOSSAS MÃO QUE TODOS ESTAMOS COM AS MÃOS IMUNDAS...E UM SIMPLES PASSAR DE DEDOS NA AGUA ,NÃO LIMPA NADA .....E O QUE IMPORTA SE REALMENTE PUDESSEMOS TODOS LAVAR REALMENTE AS MÃOS PARA RECEBER A HÓSTIA SAGRADA E SE NOSSAS BOCAS PROFEREM PALAVRAS OFENSIVAS E MALDOSAS TERÍAMOS QUE LAVAR ANTES NOSSAS BOCAS COM SODA CAÚSTICA,E MESMO ASSIM COMO0 LAVARIÁMOS NOSSAS ALMAS E CORAÇÕES TÃO IMPUROS NESTE MUNDO NOJENTO . E AÍ QUEM DE N´S PODE TACAR A PRIMEIRA PEDRA.....PARA DIZER QUE ALGUÉM ESTA SUJO OU LIMPO????? SEJAMOS REALISTAS TODOS SOMOS SUJOS E NBEM MESMO A AGUA CONSEGUE LIMPAR NOSSA IMPUREZAS,POIS A PRÓPRIA AGUA JÁ ESTA IMPURA POR NÓS MESMOS AS PESSOAS TODAS DEVERIAM PARAR PARA PENSAR BEM ANTES DE ESCREVER TANTAS ASNEIRAS ....

Anônimo disse...

Ví o vídeo e pelo compreendi, foi que devemos dar mais valor ao receber a Santa Eucaristia e não se receber a Santa Eucaristia com as mãos é correto ou não.
O que o bispo quis dizer, é que nos humilhamos diante de muitas pessoas, como reis, rainhas, bispos, autoridades, e não nos humilhamos diante do que é mais precioso em nossas vidas, que é o CORPO e o SANGUE de NOSSO SENHOR JESUS CRISTO, representado na SANTA EUCARISTIA.

Anônimo disse...

Não perco tempo em ouvir ou ler esses comentários, pq se hoje o leigo recebe a Eucaristia na mão é pq em algum momento ouve a permissão dessa hierarquia da Igreja. O problema não é q o leigo não dê o devido valor a Eucaristia o problema é q os próprios religiosos não dão valor principalmente os Diocesanos(secular)só não vê quem não quer, que esses até mesmo na consagração não fazem a menor reverência ao corpo de Cristo e ai querem educar o povo de que maneira????? se nem os próprios estão convencidos do q eles tem na mão.

Anônimo disse...

bom sou ministra estraordinaria da eucaristia . e eu entrego nas mãos ou na boca , como a pessoa quer .lavo as mãos antes todos lavam , mas como disse uma amiga ja acima não temos que olhar as mãos mas o coração,e quem é digno de levar jesus as pessoas ? digno tem que ser quem o recebe, passo a semana rezando para que jesus purifique minhas mãos e quando eu o entregar para os meus irmão não seja eu mas ele proprio , que eu seja apenas um instrumento.. e quanto a usar luvas ficariam particulas no tecido, e as luvas ficariam com pó e suor uns dos outros. o que eu penso ser pior,então quando forem comungar esqueçam das mãos e lembrensem que quem esta indo ate voce é jesus, e ele não vai te pedir vc esta com as mãos limpas.. ele apenas quer entrar em seu coração. e na sua vida

Maristela disse...

Eu sou ministra extraordinária da Eucaristia,tenho plena consciência da minha responsabilidade e lavo minhas maos antes da comunhão,quanto a comunhão nas mãoseste não é o problema e sim a conscientizaçãoda importancia deste ato.O que falta é estar conscientizandoe catequese infantil e adulta é falha e deixa a desejar.Precisamos EVAGELIZAR.

Anônimo disse...

Concordo q deveríamos receber o Corpo de Cristo diretamente na boca, no entanto creio que seja falta de higiene, pois os ministros da eucaristia não lavam as mãos antes de manuseá-lo como o sacerdote faz, e ainda por cima não tomam o cuidado de não encostar os dedos nos lábios dos outros trazendo assim a saliva alheia até nós, pois ficam em seus dedos dedos. Já aconteceu comigo, foi muito incômoda a situação, e eu tive q fingir q nada tinha acontecido!

Anônimo disse...

Nossa fé catolica já da mídia sobre qualquer coisa, ainda vem um Mons. titulo dado por um papa por serviços prestados a Igreja, vem contesta fato já pronunciado pela mesma que pode os dois modos nas mãos e na boca.
A nossa igreja não decide nada sem muita meditação e auxilio do Esprito Santo, pois JESUS deu a Pedro e segui pelos papa autoridade para o que ligar na terra será ligado no ceu. Como no ceu nada é errado ou pecaminoso ficou o Espirito Santo orientando a igreja.

Anônimo disse...

Sou católico desde que nasci,meus pais levaram-me a uma pia batismal e a Deus eu fui consagrado,isso já à 30anos.Bem, mas o assunto aqui não é minha particularidade e sim a nossa religião coletiva,já não basta estar-mos perdendo nossos fiéis para tantas ceitas e religiões que aparecem por aí todos os dias,um de nossos lideres religiosos vem a preucupar-se e questionar um detalhe tão simples,deveria preucupar-se mais com seu próprio coração e pensamento, pois,preocuparnos com tais detalhes,demonstran que nossos corações não estão assim tão puros como deveriam estar,não é mesmo?

Maria de Fatima disse...

Fiquei indiqnada com todo estes comentarios pois acho que todos estão sendo muito ipócritas não preocupando nem um pouco com o que Jesús está sentindo neste momento ,de tantas ipócrizias se seu corpo está sendo entreque nas mãos ou nas bocas mas sim no coração.pois tenho uma só certeza que se preocupa-se com a pureza de seus corações nada disso estária acontecendo.pense nisso e que Deus os abençõe.

Anônimo disse...

Fiquei indiqnada com todo estes comentarios pois acho que todos estão sendo muito ipócritas não preocupando nem um pouco com o que Jesús está sentindo neste momento ,de tantas ipócrizias se seu corpo está sendo entreque nas mãos ou nas bocas mas sim no coração.pois tenho uma só certeza que se preocupa-se com a pureza de seus corações nada disso estária acontecendo.pense nisso e que Deus os abençõe.

Anônimo disse...

Penso que o assunto vem em boa hora, para nos questionar como está sendo verdadeiramente o nosso encontro com Jesus Eucarístico. Se estamos dando o valor devido ou se estamos nós mesmos banalizando este ponto alto da Santa Missa. Quanto recebe-lo na mão ou na boca cabe ao sacerdote local delegar. A nós sim cabe amar e adorar a este Jesus que vem a nós se fazendo em nós para nossa salvação.Rezemos uns pelos outros para enchergar-mos além das aparências.

Anônimo disse...

Na minha opinião, deveríamos todos voltar a receber a Eucaristía das mãos do sacerdote como fazíamos a algumas décadas atráz.É um Momento Santo a hora da comunhão. Quem estiver com pressa de ir embora da Igreja querendo que a Santa Missa acabe logo, seria melhor nem ir.A Comunhão do Corpo de Cristo, é um momento só nosso, Católicos, e venho percebendo o descaso das pessoas na hora da Sagrada Comunhão.A celebração da Santa Missa é o momento em que podemos estar mais próximos de DEUS e de seu Filho Jesus Nosso SENHOR, e devemos dar à ELE toda a Honrra e toda a Glória a que ELE merece.

Anônimo disse...

Sou totalmente a favor, pois só recebo diretamente na boca e do sacerdote,as mãos suadas o corpo de Jesus pode ficar colado e a pessoa limpa na roupa, o sarcerdote tem certeza que a pessoa participou do banquete de Jesus, nas mãos podem levar com segunda intenções, não vi mais ouvi falar que na minha igreja foi encontrada uma hostia consagrada dentro folheto da missa.

Bispo Dimitrios disse...

Sou Contra a comunhão na mão,acho esse gesto banal e uma falta de respeito para com Jesus Eucaristia.Sou um Cristão Ortodoxo e na Minha Igreja temos um profundo amor ao Sagrado Mistério da presença real de Jesus,Verdadeiro Deus e Verdadeiro Homem presente em Corpo e Sangue tão real como esta nos Céus e que se faz presente Sacrementalmente em nossos altares.Viva Jesus Sacramentado.Viva o Santíssimo Sacramento do Altar.Graças a Deus Roma começa a entender que a tal missa nova é uma invenção Luterana.Bispo Dimitrios,pela Graça de Deus e não por Merecimento,Bispo de São Paulo e todo o Brasil da Igreja Ortodoxa Ucraniana Autocéfala-Canônica debaixo do Sagrado Omofhorion do Beatíssimo Patriarca MOSES de Kiev e toda Rus´Ucrania.

Anônimo disse...

AMO JESUS SACRMENTADO,que bom que ELEesteja recebendo o respeito que deve ter por meio deste livro.
QUE cada pessoa possa rebe-lo na mão ou na boca,eu orecebo na boca,pois este momento pra mim é único,e recebendo-o diretamente na boca a comunhão ficamais profunda da alma e mais perto do coração, que onde devemos recebe-lo com verdadeira adoração.

Anônimo disse...

Jeová JR. Santa Cruz/RN

fico com aqueles que
acreditam que o essencial
é a dsiposição de um coração
sincero que busca o encontro
com o seu Senhor e Deus...
um coração assim
não corre o risco da banalização
seja pelas mãos, seja pela boca
Paz e Bem...

Anônimo disse...

Seria muito bom se todos tivessem sua cabeça, mais muitas pessoas comungam com as mãos suadas e o corpo de Jesus colar na mãos e depois esfregam as mãos na roupa.
O Sacerdote nunca consegue saber se de fato a pessoa comungou ou vai usar o corpo de Jesus para rituais exclusos. Aconteceu numa igreja em Campinas-SP que ao recolherem o folheto da missa encontram um hóstia dentro das dobraduras das folhas, já na boca isto não aconteceria.
Fica na paz de Jesus e Maria Santíssima.