quinta-feira, 24 de janeiro de 2008

Papa abençoa cordeiros com cuja lã se confeccionará pálio

Na festa de Santa Inês.

CIDADE DO VATICANO, terça-feira, 22 de janeiro de 2008 (ZENIT.org).- Como é tradição, ontem Bento XVI abençoou dois cordeirinhos cuja lã servirá para confeccionar o pálio que entregará aos arcebispos metropolitanos como sinal de comunhão com o sucessor de Pedro e da solicitude que devem ter como pastores que carregam a ovelha em seus ombros.

A cerimônia aconteceu na capela Urbano VIII, do palácio apostólico vaticano. Estes dois cordeiros são criados pelas religiosas de São Lourenço em Panisperna, de Roma, e são apresentados ao Papa pelos Canônicos Regulares de Latrão, que atendem espiritualmente a basílica de Santa Inês Fora dos Muros.

Antigamente, no Ocidente, o «pálio» era o nome de um ornamento próprio do Sumo Pontífice desde o século V. Passou a ser de uso ordinário para os arcebispos a partir do século IX.

O emblema de Santa Inês é um cordeiro, pela similaridade de seu nome (em latim, Agnes) com a palavra cordeiro (em latim, agnus).

Os dois cordeiros estavam enfeitados: um com flores brancas (simbolizando a virgindade de Santa Inês) e o outro com flores vermelhas (simbolizando seu martírio).

Depois, os cordeiros foram levados à Basílica de Santa Inês, na Via Normentana de Roma, onde está enterrada a santa, para serem criados pelos padres trapistas da Abadia das Três Fontes.

Os pálios serão confeccionados posteriormente pelas monjas beneditinas de Santa Cecília com a lã recém-tosquiada. Logo são colocados em um cofre sobre o túmulo de São Pedro na Basílica Vaticana, e na Missa da festa de São Pedro e São Paulo (29 de junho) são abençoados e entregues solenemente pelo Papa aos novos arcebispos nomeados durante o ano.

O Papa Bento XVI decidiu usar um pálio muito similar aos que se usavam antes do século X, com cinco cruzes vermelhas que recordam as cinco chagas de Cristo, representado em antigos mosaicos.

Podem ver-se as imagens da bênção em
http://www.blogger.com/www.h2onews.org
(Matéria de Zenit.org)

Um comentário:

disse...

Olá meu amigo Regis!
Gostaria de conhecer seu blog mas o endereço deve estar errado, não consigo entrar.
Fique com Deus!!
Rosane!