segunda-feira, 19 de novembro de 2007

87% dos Brasileiros Reprova o Aborto

87% dos brasileiros reprova o aborto

Só 3% dos brasileiros acha o aborto "moralmente aceitável" e 87% o reprova totalmente. Os resultados foram colhidos pela Datafolha. A Datafolha, é propriedade da Folha de São Paulo jornal visto pela agência Católica Internacional como "o mais abortista do país". A fonte é portanto insuspeita.

A enquete visava definir o “novo “perfil da família brasileira” e interrogou mais de duas mil pessoas em 211 municípios. A mudança mais significativa constatada foi em matéria de aborto. Em 1998, 61% julgava que o aborto é “muito grave”. Em 2007 é o 71%.

A Folha qualificou esta tendência de “avanço espantoso”. E acrescentou que “hoje só o 3% da população considera ’moralmente aceitável’ que uma pessoa se submeta a um aborto, contra 87% que o qualifica de moralmente errado”. A Folha tentou amenizar o impacto — negativo para o aborto — entrevistando militantes abortistas.

Inúmeros abusos se praticam em nome da “democracia” e dos “desejos do povo”. Mas, agora é mais do que evidente que o povo brasileiro não quer a liberalização do aborto. Por que então não ouví-lo e fazer sua vontade, aliás tão razoável e tão cristã? Não! Ele é desrespeitado pelo abortismo do capitalismo publicitário, da política, das ONGs e da ONU!

Há algo estranho nos pleiteadores do aborto. Eles agem como se houvesse uma religião — uma religião da morte? — por trás de suas crenças e não como os humanitáristas, altamente democráticos, que quereriam o bem da mulher, que dizem ser.

(matéria transcrita de http://revculturalfamilia.blogspot.com/2007/10/87-dos-brasileiros-reprova-totalmente-o.html )

Nenhum comentário: